Se você não conseguir editar a wiki após o login, você precisará solicitar direitos de edição usando este formulário. Você será notificado assim que tais direitos de edição lhe forem concedidos.

Polônia, Registros da Igreja

Fonte: FamilySearch Wiki
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Polônia Gotoarrow.png Registros da Igreja

Polônia, Tópicos da Wiki
Koszecin.jpg
Iniciando a Pesquisa
Tipos de Registros
Polônia, Contextualização
Etnia
Fontes de Pesquisa Local
Moderadores
O moderador do FamilySearch para Polônia Pysnaks e Sonja


Introdução[editar | editar código-fonte]

Myszyniec village and church.jpg
Registros de Igreja (Księgi metrykalne) são fontes excelentes e confiáveis de informações, tais como nomes, datas, e locais de nascimentos, casamentos e mortes. Praticamente todos os cristãos que viviam na Polônia eram registrados na igreja. Esses registros de nascimentos, casamentos e mortes são chamados de registros vitais, porque são eventos que pertencem à vida da pessoa. Registros de Igreja, chamados registros paroquiais, ou livros de igreja, são registros vitais feitos por funcionários da igreja, pastores ou padres. Eles incluem registros de nascimentos, batismos, casamentos, óbitos e sepultamentos. Além disso, os registros paroquiais podem incluir livros de contabilidade, confirmações e listas de membros. Registros feitos nas Igrejas são cruciais para a pesquisa genealógica na Polônia. Eles são, muitas vezes, a única fonte de informações existentes sobre uma família.

Neste link encontram-se os endereços das paróquias católicas na Polônia: Diretório Católico.  Se os registros de sua localidade não foram filmados, você pode escrever para a paróquia, usando o endereço encontrado no site.

Um site útil de informações da igreja luterana (em polonês) pode ser encontrado em luteranos. Esse site irá ajudá-lo a localizar as igrejas luteranas que ainda existem e as informações das dioceses nas diferentes regiões da Polônia. A lista das freguesias da igreja luterana de antes da Primeira Guerra Mundial (apenas na Polônia russa), juntamente com os links dos registros microfilmados, podem ser encontrados no site SGGEE(em inglês). As autoridades começaram a fazer registros civis oficiais depois de 1874 nas antigas áreas alemãs e, após 1918, no resto da Polônia. Outro site útil para se encontrar registros evangélicos na região da Silésia da Polônia é o Evangelische Kirchenbcher (em alemão). Por último, este site de busca contém os registros da igreja Evangélica de Augsburg (cidade que fica no sudoeste da Baviera, Alemanha) e todos os registros evangélicos do Arquivo do Estado da Polônia.

Para registros posteriores, consulte a página  Polônia, Registro Civil - Registros Vitais


Histórico Geral
[editar | editar código-fonte]

Em geral, os registros de igreja na Polônia têm sido mantidos desde meados dos anos 1600, apesar de algumas paróquias terem registros que datam de cerca de 1548. Lentamente, uma forma eficiente de fazer os registros de batismos, casamentos e mortes foi desenvolvida. A exigência da manutenção dos registros era limitada, inicialmente, aos de batismos, de casamentos e às confissões. O Papa Paulo 5º exigiu dos sacerdotes a manutenção de um conjunto de cinco registros dos paroquianos: batismo, crisma, casamento, óbito, e o livro de família (em latim "status animarum", que significa "estado das almas"). A quantidade de informações pessoais aumentou ao longo do tempo. Por exemplo, os registros mais antigos, muitas vezes, não continham o nome completo da mãe. Os católicos foram os primeiros a guardar registros vitais de igreja, mas os protestantes fizeram o mesmo logo depois. Às vezes, as paróquias católicas também guardavam registros de pessoas de outras religiões. Os registros de antes das partições da Polônia (1772-1795) incluíam as entradas das pessoas nas aldeias da respectiva paróquia e, na maioria dos casos, eram escritos em latim. Após as partições da Polônia, cada área dividida ficou submetida às leis administrativas do país ocupante. Para mais informações sobre as igrejas na Polônia, consulte a página  Polônia, Historia da Igreja.


Linha do Tempo[editar | editar código-fonte]

A seguinte linha do tempo mostra datas importantes relativas a manutenção de registros de igreja na Polônia:

1563 O Conselho de Trento da igreja Católica Romana determinou que as paróquias católicas de toda a Europa registrassem batismos e casamentos. Poucas paróquias polonesas cumpriram essa determinação até 1590.

1565 Foi pedido aos párocos que fizessem, no final de cada ano, um resumo dos registros do ano anterior e o enviassem ao bispo, que tinha a responsabilidade de mantê-los em seu arquivo.

1614 Uma proclamação da igreja manteve a obrigatoriedade da manutenção dos livros de igreja e acrescentou a exigência de se fazer os registros de óbitos também. Muito mais paróquias acataram a exigência.

1781 O império austríaco reconheceu os direitos religiosos dos não-católicos com o Édito de Tolerância.

1784 O império austríaco começou a exigir transcrições civis dos registros de igreja, sob supervisão da igreja católica.

1794 A Prússia introduziu a transcrição civil dos registros de igreja.

1807 O Ducado de Varsóvia foi estabelecido, sob a jurisdição do Império Francês de Napoleão. Em 1809, expandiu-se para o Grão-Ducado de Varsóvia.

1808 O Código Civil de Napoleão foi introduzido. Os registros civis de nascimentos, casamentos e mortes eram para ser mantidos no Ducado de Varsóvia, escritos em língua polonesa. Geralmente, o clero católico era responsável por fazer as transcrições de seus registros de igreja para o Estado, incluindo os registros dos protestantes e dos judeus.

1827 A revisão da lei da transcrição civil do Congresso da Polônia permitiu que protestantes e judeus mantivessem seus próprios registros vitais.

1830 Os protestantes e judeus, na Áustria, incluindo os da área polonesa da Galicia, foram autorizados a manter suas próprias transcrições civis dos registros vitais. A prática foi padronizada em 1840.

1868 Uma lei russa tornou obrigatório que as transcrições civis em todo Congresso da Polônia fossem feitas no idioma russo.

1918 A República da Polônia foi criada, reunindo o território polonês. Leis sobre a elaboração de registros vitais foram gradualmente padronizadas em toda a república.

Transcrições Civis
[editar | editar código-fonte]

Alguns registros de igreja na Polônia foram destruídos nas guerras de 1600. Outros foram destruídos quando casas paroquiais foram queimadas. Em 1704, devido a preocupações com tanta destruição, algumas paróquias começaram a fazer cópias de seus livros de igreja. Transcrições civis foram feitas da maioria dos registros de igreja na Polônia, depois da década de 1790. Esses registros eram uma forma de registro civil e incluíam registros de não-católicos. Você pode usar essas duplicatas, quando disponíveis, para complementar os registros paroquiais que estão faltando ou são ilegíveis.

Informações nos Registros de Igreja
[editar | editar código-fonte]

As informações registradas nos livros de igreja variaram ao longo do tempo. Os registros mais recentes, geralmente, fornecem informações mais completas do que os mais antigos. Os registros mais importantes da igreja para a pesquisa genealógica são os de batismo, casamento e de óbito. Alguns livros de igreja incluem registros de confirmação. Registros católicos eram, normalmente, feitos em latim; registros protestantes, ortodoxos e registros alemães, em russo. O registros greco-católicos (uniata) eram feitos em latim, ucraniano, ou, às vezes, em polonês. Dialetos locais podem ter afetado a grafia de alguns nomes e outras palavras nos registros de igreja. Os grupos minoritários, como os menonitas, os batistas, os presbiterianos, os metodistas, os ortodoxos cismáticos, os independentes, e outros, muitas vezes não tinham registros de igreja, a menos que fosse exigido por lei. Seus registros de nascimento, casamento e morte ficavam junto com os das igrejas reconhecidas, como a católica ou a luterana, até que eles tivessem como fazer as suas próprias transcrições de registros vitais.

Registros de Nascimento e Batismo
[editar | editar código-fonte]

(AKTA urodzen i chrztw) As crianças eram batizadas, normalmente, poucos dias após o nascimento. Os registros de batismos costumam fornecer o nome da criança e os dos pais, legitimidade, nomes de testemunhas ou padrinhos, bem como a data de batismo. Você também pode encontrar a data de nascimento da criança, a profissão dos pais, e o lugar de residência da família. O assento de morte era adicionado, às vezes, como uma nota. Registros antigos, normalmente, têm menos informações; por vezes, têm apenas os nomes da criança e de seus pais, e a data do batismo. Até a década de 1790, os pastores de muitas comunidades não escreviam o nome da mãe nos registros de nascimento, ou escreviam apenas seu primeiro nome. Ocasionalmente, o nome da criança era omitido, caso em que o nome da criança era, provavelmente, em homenagem a um padrinho. Alguns registros ortodoxos nem sequer forneciam os nomes dos pais. A princípio, apenas a data de batismo era registrada, mas, nos últimos anos, a data de nascimento foi acrescentada.

Intenções de Casamento
[editar | editar código-fonte]

(Zapowiedz) As intenções de casamento (os proclamas) eram publicadas algumas semanas antes da data em que um casal planejava se casar. O casal era obrigado a anunciar a sua intenção de se casar duas ou três vezes para que os outros membros da comunidade pudessem levantar objeções ao casamento. Esta era uma exigência na Polônia, provavelmente, desde o tempo em que os registros de casamento tinham prioridade. Registros de casamento, por vezes, fornecem duas ou três datas em que os proclamas eram publicados, além da data do casamento.

Registros de Casamento
[editar | editar código-fonte]

(Akta malzenstwo) Os registros de casamento fornecem a data do casamento e os nomes da noiva e do noivo. Eles também indicam se eles eram solteiros ou viúvos e dizem os nomes das testemunhas. Eles, geralmente, incluem outras informações sobre a noiva e o noivo, como suas idades, residências, ocupações, nomes dos pais e, às vezes, local de nascimento. Nos casos de segundas núpcias, podem incluir os nomes dos cônjuges anteriores e suas datas de morte. Registros de casamento antigos dão pouca informação sobre os pais dos casais. Na maioria dos casos, antes do início do século 19, os registros de casamento registravam apenas os nomes dos pais da noiva. Alguns registros de casamento mais tarde diziam o local de nascimento do noivo e da noiva. Os casais, muitas vezes, se casavam ​​na paróquia onde a noiva morava.

Registros de Óbitos e Sepultamento[editar | editar código-fonte]

(AKTA zgonwi pogrzebw) Os sepultamentos eram registrados nos livros de registros da paróquia onde a pessoa era enterrada. O enterro ocorria, normalmente, alguns dias depois da morte. Os registros de óbito fornecem o nome da pessoa falecida e a data e o local da morte ou enterro. Muitas vezes, a idade, local de residência, causa da morte, e os nomes dos sobreviventes são fornecidos. Ocasionalmente, a data, o local de nascimento e os nomes dos pais também estão incluídos. Os registros de morte mais antigos, geralmente, não indicam a data e o local de nascimento. A data e o local de nascimento da pessoa falecida e informações sobre os pais em um registro de óbito podem não ser exatas. Podem existir registros de óbito de pessoas que nasceram antes de os registros de nascimento e casamento serem obrigatórios. Os registros de óbito, muitas vezes, começaram a ser obrigatórios depois dos registros de batismo e casamento, na mesma paróquia.

Localização de Registros de Igreja[editar | editar código-fonte]

Os registros católicos originais são, normalmente, encontrados nas próprias paróquias ou nos arquivos diocesanos. Registros de igrejas protestantes, geralmente, estão nos arquivos do Estado; alguns estão de posse dos arquivos oficiais ou de representantes da igreja evangélica. Transcrições civis são, geralmente, mantidas em cartórios locais (Urzad Stanu Ciwilnego) por 100 anos, depois do que, eles são transferidos para arquivos do Estado. Para acessar os registros de igreja, você deve saber a cidade e a religião de seu antepassado. Você também deve determinar a qual cidade a paróquia de seus antepassados ​​pertencia, para que você possa saber quais registros paroquiais pesquisar. Seu ancestral pode ter vivido em uma aldeia que fazia parte de uma paróquia localizada em uma cidade vizinha maior. Com o tempo, algumas aldeias podem ter pertencido a mais de uma paróquia, devido a mudanças de jurisdições. Alguns dicionários (gazetteers) indicam as jurisdições paroquiais. Para ajudar a identificar os limites paroquiais, consulte Polônia, Dicionários de Nomes de Lugares e Polônia, Mapas e as informações sobre os inventários de registros de igreja abaixo. A cidade onde o prédio da igreja fica localizado é considerada a sede da paróquia. Embora o prédio da igreja, muitas vezes, recebe o nome de um santo, a Biblioteca da História da Família tem catalogada a paróquia pelo nome da cidade onde a paróquia está localizada. Nas cidades grandes, onde pode haver muitas paróquias de religiões diferentes, o catálogo usa o nome da paróquia (como St. John, por exemplo) para distinguir os registros de paróquias diferentes.

Clique aqui para saber informações sobre Polônia, Registros da Igreja Batista.

Inventários de Registro de Igreja[editar | editar código-fonte]

Um inventário lista registros acessíveis de igreja, a sua localização, e quais anos eles cobrem. Às vezes, eles incluem informações sobre quais paróquias serviram quais cidades, em diferentes períodos de tempo. Por exemplo, a aldeia de Kuzie pode ter pertencido à paróquia de Nowogród, antes de 1743, e à paróquia de Maly Plock, depois dessa data. Veja também Polônia, Diretórios das Igrejas. Inventários de registros de Igreja estão disponíveis para algumas áreas da Polônia, e a Biblioteca da História da Família tem cópias dos registros de vários municípios e províncias. Para as áreas da Polônia que faziam parte da antiga Prússia, a biblioteca criou o seguinte inventários mostrando quais registros estão incluídos, ou não, na coleção da Biblioteca:

  • Pomerânia (FHL livro 943,81 D27B).
  • Posen (FHL livro 943,84 D27B).
  • Silésia (FHL livro 943,85 D27B).
  • Prússia Ocidental (FHL livro 943,82 D27B).
  • Poland, Częstochowa Roman Catholic Church Books, 1226-1950
  • Muitos outros inventários e um extenso acervo de registros da Polônia estão disponíveis na Biblioteca de História da Família em: POLAND - CHURCH RECORDS INVENTORIES, REGISTERS, CATALOGS POLAND, (COUNTY) - CHURCH RECORDS INVENTORIES, REGISTERS, CATALOGS


Registros da Biblioteca da História da Família[editar | editar código-fonte]

A Biblioteca da História da Família tem registros de igreja de muitas paróquias da Polônia; alguns de 1875, alguns da década de 1880, e alguns tão recentes quanto 1960. A biblioteca não tem cópias dos registros que foram destruídos, não foram microfilmados, ou não são liberados ao público, pelo arquivista ou por lei. O acervo pode ser encontrado na seção "Local" do Catálogo da Biblioteca da História da Família. Deve-se procurar no catálogo o nome da cidade onde a paróquia ficava, não necessariamente a cidade onde seu antepassado viveu: POLAND, (COUNTY), (TOWN) - CHURCH RECORDS. Não desista se os registros que você precisa ainda não estiverem disponíveis, pois novos registros são continuamente adicionados, a partir de diversas fontes. Confira o Catálogo da Biblioteca de História da Família a cada dois ou três anos em busca dos registros que você precisa.


Registros não Disponíveis na Biblioteca da História da Família
[editar | editar código-fonte]


Embora a Biblioteca da História da Família seja uma maneira conveniente de acessar os registros, às vezes, os registros que você precisa podem não estar disponíveis. Muitas vezes, você pode obter informações necessárias de outras maneiras. A Polônia não tem um local exclusivo para os registros de igreja. A localização atual de registros depende da nacionalidade, religião e história local.
Os registros de Igreja estão disponíveis em:
* Paróquias locais. A maioria dos registros da igreja católica ainda são mantidos nas paróquias, que, geralmente, respondem em polonês, quando recebem algum pedido de pesquisa. Você pode escrever diretamente para a paróquia, sem colocar o endereço dela (apenas "paróquia católica", nome da cidade, com código postal, Polônia) mas, se souber o endereço, é melhor. Para endereços específicos, consulte um diretório (ver Polônia, Diretórios das Igrejas). Se os registros que você precisa foram levados para uma diocese, ou para um arquivo do Estado, o seu pedido deve ser encaminhado diretamente para eles.
* Arquivos das dioceses. Alguns registros paroquiais foram coletados e estão guardados nos arquivos diocesanos. Geralmente, os registros muito antigos (de antes de 1800) estão nos arquivos das dioceses. Algumas dioceses mandam suas paróquias arquivar seus registros depois de 100 anos. Os protestantes também guardam os arquivos de Igreja, mas seus registros têm maior probabilidade de serem encontrados em um arquivo de estado. As Igrejas, muitas vezes, não têm condições de atender aos pedidos de pesquisa genealógica, mas eles podem dizer se certos registros estão disponíveis.

  • Arquivos e Registros Paroquiais do Estado. Muitas transcrições de registros estão arquivadas nos Arquivos do Estado. A maioria desses registros foram microfilmados e estão disponíveis na Biblioteca da História da Família. No caso de registros mais recentes e daqueles que ainda não foram microfilmados, escreva para a Direção dos Arquivos do Estado e solicite uma pesquisa desses registros. Veja o endereço na página Polônia, Arquivos e Bibliotecas
  • Conservatórias do Registro Civil. Transcrições (cópias) e, por vezes, originais dos registros de igreja ou registros judaicos podem estar arquivados em cartórios locais. Esses registros, geralmente, são enviados para arquivos do Estado depois de 100 anos. Ver Polônia, Registro Civil - Registros Vitais. A Biblioteca da História da Família tem microfilmes dos registros dos Arquivos do Estado e dos arquivos diocesanos de várias dioceses, mas não tem tudo. Por isto, a Biblioteca continua a adquirir cópias de filmes de registros. Este é um grande projeto em andamento. Os registros de batismo, casamento e de óbito também podem ser localizados através de um contato por correspondência ou durante uma visita nas paróquias ou arquivo público na Polônia.

Sempre que possível, escreva o seu pedido em polonês. Instruções sobre como escrever para as paróquias na Polônia estão na página Polônia - Guia para escrever cartas em polonês . Em sua carta, inclua os seguintes dados:

  • O nome completo e o sexo da pessoa procurada.
  • Nomes dos pais, se conhecidos.
  • Data aproximada e o local do evento.
  • Sua relação com a pessoa.
  • Motivo da solicitação (história familiar, médico, e assim por diante).
  • Pedido de uma fotocópia do registro original completa. Por favor, mande uma quantia em dinheiro para a taxa de pesquisa (geralmente cerca U.S. $ 10,00 ou o equivalente em moeda polonesa). Se o seu pedido não for atendido, escreva pedindo os registros duplicados, que podem ter sido armazenados em outros arquivos ou cartórios.

Estratégias de Pesquisa[editar | editar código-fonte]

O uso eficaz de registros de igreja inclui as seguintes estratégias:

  • Faça uma pesquisa sobre o parente ou antepassado que você escolheu para pesquisar a respeito. Quando você localizar o registro de nascimento desse antepassado, procure por registros de nascimento de irmãos e irmãs.
  • Procure o casamento dos pais desse antepassado. O registro de casamento, muitas vezes, dá pistas para a localização dos registros de nascimento do casal.
  • Faça um cálculo, por aproximação, da idades dos pais e procure seus registros de nascimento, repetindo o processo, tanto para o pai quanto para a mãe.
  • Se as gerações anteriores não aparecerem nos mesmos registros paroquiais, pesquise nos registros de paróquias vizinhas.
  • Pesquise os registros de óbitos de todos os membros da família.
  • Muitas sociedades genealógicas têm os recursos necessários para ajudá-lo a encontrar informações paroquiais, depois que todas as demais fontes falharem. Vale a pena pagar pela taxa de adesão em uma boa sociedade genealógica pelo o apoio que ela pode lhe oferecer.


Bancos de Dados Online[editar | editar código-fonte]

O projeto de indexação de casamentos de Poznań, um banco de dados de registros de casamento transcritas de todo o Ducado de Poznań (Posen), está disponível em Casamentos de Poznań  Para mais informações clique aqui.

O projeto executado pela Pomeranian Genealogical Society (baseado em Gdansk) é dedicado à região de Kashubia e está disponível aqui.

Um projeto que foca a Polônia russa e a cidade de Cracóvia e que já acumulou quase 70 mil casamentos está disponível em aqui.

Artigos wiki descrevendo coleções online encontram-se em: